Header Ads

Breaking News
recent

Britânica fica com pele destruída após tratamento estético

A pele de Sharon ficou destruída Foto: Reprodução / The Sun 

Sharon Waldron, de 38 anos, queria eliminar as manchinhas de acne do rosto. A esteticista começou a fazer sessões quinzenais de microdermoabrasão, e manteve essa periodicidade durante três anos. Mas o tratamento resultou no efeito contrário.

Segundo o tabloide britânico “The Sun”, a pele de Sharon adquiriu uma textura de casca de laranja, o rosto ficou inchado e vermelho. A esteticista de Liverpool, na Inglaterra, foi aconselhada a fazer a microdermoabrasão, de 15 em 15 dias, para alcançar o resultado desejado. Ela se inpirou em famosas que, segundo as publicações de beleza, seriam adeptas do tratamento.

- Eu queria estar o melhor que podia, mas fiquei em agonia, com uma pele granulosa. Eu raramente saía de casa - contou.
Depois de reparar o estrago, ela ficou assim Foto: Reprodução / The Sun

Sharon precisou recorrer a outro tratamento de pele, dessa vez com um dermatologista, em uma clínica, para reparar os danos. A pele dela foi estimulada com pequenas agulhas, e depois de algum tempo voltou ao normal.

- Microdermoabrasão, é melhor para uso ocasional. É uma loucura usar semana após semana, durante anos - alertou o dermatologista Lee Garret.

Tecnologia do Blogger.