Header Ads

Breaking News
recent

Os Tops 10 erros mais comuns do pensamento humano

A mente humana é uma coisa maravilhosa. A cognição, o ato ou processo de pensamento, permite-nos processar grandes quantidades de informação rapidamente. Por exemplo: toda vez que seus olhos estão abertos, seu cérebro está constantemente sendo "bombardeado" com estímulos. Você pode estar pensando sobre uma coisa específica, mas seu cérebro está processando milhares de outras idéias subconscientemente.

Infelizmente, nossa cognição não é perfeita, e frequentemente há erros no processamento, e quase sempre com consequências desagradáveis. Elas acontecem a todos, independentemente da idade, sexo, educação, inteligência, ou outros fatores.

Alguns deles são bem conhecidos, outros não, mas todos eles são realmente muito interessantes. Tenho certeza você irá achar algum ou vários itens familiares. Confira:

Ilusão de controle

É a tendência em acreditar que podemos controlar ou, pelo menos, influenciar acontecimentos sobre os quais não temos nenhum controle.

Você sabe por que as pessoas que estão jogando dados em um cassino costumam soprá-los ou agitá-los bem antes de lançá-los à mesa? Tudo culpa da chamada ilusão do controle. Quando acertam o resultado do lançamento de um dado, por exemplo, a pessoa interpreta isso como a confirmação de que tem algum controle sobre o evento, sem considerar que havia, de fato, 1/6 de chance de acertar. Essa falha cognitiva está ligada à superstição e é responsável por fazer as pessoas repetirem certos rituais, como soprar os dados, usar um “anel ou uma cueca da sorte” ou outra coisa qualquer do tipo, achando que isso poderá influenciar acontecimentos futuros.

Efeito de halo

É a tendência de traço positivo ou negativo de um indivíduo para outras áreas de sua personalidade na percepção dos outros sobre eles.

Isso acontece muito em situações de trabalho. Por exemplo: João, chegou atrasado para no escritório nos últimos três dias, eu percebo isso e concluo que João é preguiçoso e não se importa com seu trabalho, e lhe dou uma advertência. Há inumeras razões possíveis para João chegar tarde, talvez seu carro quebrou, sua babá não apareceu, ou se houve mau tempo. O problema é que, por causa de um aspecto negativo que pode estar fora de controle de João, presumo que ele é um trabalhador ruim.

Profecia auto-realizável

É é engajar-se em comportamentos que obtem resultados que confirmam as atitudes existentes.

Por exemplo, eu acredito que eu vou ir mal na faculdade, então eu diminuo o esforço que eu coloquei estudando, e eu acabo indo mal, exatamente como eu pensava. Outro exemplo comum são os relacionamentos, acho que meu relacionamento com minha companheira vai falhar, então eu começo a agir de forma diferente, afastando-me emocionalmente. Por causa de minhas ações, eu realmente faço com que o meu relacionamento vá ao fracasso. Esta é uma ferramenta poderosa usada por “videntes” – que implantão uma idéia em sua mente, e você, eventualmente, faz acontecer, porque você acha que vai.

Falácia

É a tendência em pensar que as probabilidades futuras são sempre alteradas por eventos passados.

Por exemplo, eu estou jogando "cara ou coroa". As últimas cinco rodadas deram cara, tem que ser coroa desta vez certo? Errado! A probabilidade de dar cara ou coroa ainda é de exatos 50% pois somente existem duas opçoes possíveis. Isto pode soar óbvio, mas esse fato tem causado a muitos jogadores a perda de dinheiro pensando que as probabilidades mudariam.

Mentalidade de rebanho

É a tendência a adotar as opiniões e seguir os comportamentos da maioria para se sentir mais seguro e para evitar conflitos.

Também conhecido como “Mob Mentality”, isto é, em sua forma mais comum, a pressão dos colegas. Mentalidade de rebanho explica por que modismos ficam tão populares. Roupas, carros, hobbies, estilos, tudo o que tem é um grupo de pessoas que pensam que algo é legal.

Reatividade

É a tendência das pessoas agirem ou aparecem de forma diferente quando sabem que eles estão sendo observados.

Câmeras de vigilância em estabelecimentos comerciais, radares de transito e o reality show Big Brother são exemplos clássicos.

Pareidolia

É quando as imagens ou sons aleatórios são percebidos como significativos.

Vendo nuvens nas formas de dinossauros, Jesus em uma torrada, ou ouvir mensagens quando um disco é tocado para trás são exemplos comuns de pareidolia. O elemento comum é que o estímulo é neutro, ele não tem significado intencional, o significado é na percepção do espectador.

Reatância

É o desejo de fazer o oposto do que alguém quer que você faça de uma necessidade de resistir a uma tentativa de percepção para restringir sua liberdade de escolha.

Isso é comum com adolescentes 'rebeldes', mas qualquer tentativa de resistir à autoridade, devido às ameaças percebidas à liberdade e / ou escolha é reatância. O indivíduo não pode ter uma necessidade de fazer o comportamento específico, no entanto o fato de que eles não podem fazê-lo faz com que eles o querem.

Desconto hiperbólico

É a tendência para que as pessoas prefiram um menor retorno imediato, ao invés de um maior retorno, a longo prazo .

Muita pesquisa tem sido feito na tomada de decisões, e muitos fatores contribuem para o processo de tomada de decisão individual. Curiosamente, o tempo de atraso é um grande fator na escolha de uma alternativa. Simplificando, a maioria das pessoas optam por receber 20 dólares hoje em vez de ficar com 100 dólares em alguns meses a partir de hoje. Normalmente, faz sentido escolher uma maior quantidade de dinheiro imediatamente do que menos, no futuro, como o valor de um dólar vale mais hoje do que é amanhã. Suponha que a taxa de juros é de 9%, uma pessoa racional seria indiferente a tomar agora 91,74 dólares, ou US $ 100 daqui a alguns meses. No entanto, é interessante como muito menos estamos dispostos a tomar imediatamente em vez de esperar, você preferiria ter 100 dólares daqui a um ano, ou US $ 50 imediatamente? Como cerca de 40 dólares imediatamente?

Escalada de Compromisso

É a tendência das pessoas a continuar a apoiar os esforços anteriormente vencidos.

Com todas as decisões que as pessoas têm que fazer, é inevitável que alguns vão ser vencidos. Claro, a coisa lógica a fazer nestes casos é a mudança de decisão ou tentar revertê-la. No entanto, às vezes as pessoas sentem-se compelidas não apenas para ficar com a sua decisão, mas também para continuar a investir nessa decisão porque não têm os custos irrecuperáveis. Por exemplo, digamos que você use metade de suas economias da vida para iniciar um negócio. Após 6 meses, é evidente que o negócio vai ser vencido. A única coisa lógica a fazer seria a de “cortar suas perdas” e desistir do negócio. No entanto, devido aos custos fixos de suas economias da vida, você se sente comprometido com o negócio e investir ainda mais dinheiro para o projeto esperando que o dinheiro adicional vai alavancar o negócio.

Efeito Placebo

É quando uma substância ineficaz que se acredita ter propriedades curativas produz o efeito desejado.

Especialmente comum com medicamentos, o efeito placebo tem sido observado quando os indivíduos recebem uma pílula de açúcar para uma melhoria real de uma doença . Os placebos são ainda um mistério científico. Teoriza-se que os placebos provocar um “Efeito de Expectativa”, (Em caso de dúvida, a expectativa é o que é mais provável de acontecer) indivíduos esperam que as pílulas possam curar seus males, para que eles se achem curados. No entanto, isso não explica como as pílulas possam ser eficazes realmente, causando uma redução dos sintomas.

Tecnologia do Blogger.